Sina de Guerreiro

Sina de guerreiro
É lutar, e na luta
Ser verdadeiro.

E eu já tendo por muito chão já andado,
Como siri em andada de terreiro,
É dos arrecife do Recife
Que trago a estória desse guerreiro.

Conta-se que quando esse guerreiro era menino
Desceu do céu um anjo traquino,
E lhe disse ,
“Correr é seu destino”.

E o que um matuto me contou
Agora eu conto a vc,
Um dia esse guerreiro se arretou,
Ganhou o mundo, e foi no estrangeiro correr.

E nos rastro das alpercatas desse guerreiro,
Nos vamos ouvir estórias do mundo inteiro.

E se você quiser saber disso o porquê,
O porquê que um cabra se Dana pelo mundo a correr?
Digo fácil a você …

Olhe pra esse soldado trecheiro,
E veja o símbolo no escudo desse guerreiro:

Tem um laço com a família num plano vindo primeiro;

Duas mãos unidas indicando os amigo verdadeiro;

Uma flor indicando tudo o que é eterno:
O amor por sua esposa e filhos,
E o paterno amor dos seus pais,
Esteio e arreio desse guerreiro nordestino,
Que busca no correr o seu destino.

3 thoughts on “Sina de Guerreiro”

Os comentários estão fechados.