Ultramaratona Caminhos de Rosa

A corrida passa pelo Caminho da Boiada acompanhada por Rosa em 1952, quase na integra, devido a algumas mudanças que ocorreram nos passar dos anos e que impossibilitam seguir o caminho fidedignamente. Mas acredito que seguimos com cerca de 90% dele.

Esse caminho foi o único pelo qual Guimarães passou, que tem provas de que realemente ele esteve ali. Mas sua vida, suas obras ganharam tamanha notoriedade que todos pelo sertão tem algum causo para contar sobre sua passagem nos mais diversos lugares desse sertão mineiro.

“O senhor… mire, veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas - mas que elas vão sempre mudando. Afinam ou desafinam, verdade maior. É o que a vida me ensinou. Isso que me alegra montão.“

João Guimarães Rosa